Professora Edna vê seu projeto antibullying na esfera nacional

por CML última modificação 12/11/2015 13h00

       

      Em 2011, a vereadora Professora Edna apresentou projeto de lei, que foi aprovado e sancionado, tratando sobre a inclusão de medidas de conscientização, prevenção e combate ao bullying escolar no projeto pedagógico elaborado pelas escolas públicas de Luziânia.

   Depois de cinco anos, a presidente Dilma Rousseff sancionou lei sobre ações antibullying, em que escolas, clubes e agremiações recreativas desenvolvam medidas de conscientização, prevenção e combate a este grande mal.

     Sendo assim, a vereadora Professora Edna saiu à frente e agora sua proposição ganha força na esfera nacional.

    O bullying é definido no projeto presidencial como todo ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo, que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima em uma relação de desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas.

    De acordo com a lei nacional devem ser realizadas campanhas educativas, além de orientação e assistência psicológica, social e jurídica às vítimas e aos agressores.

   E os objetivos do mesmo poderão ser usados para fundamentar ações do Ministério da Educação, das secretarias estaduais e municipais de educação e também de outros órgãos em que a  matéria diz respeito. Entre os objetivos estão a capacitação de docentes e equipes pedagógicas para a implementação das ações de discussão, prevenção, orientação e solução do problema.

   Mais uma vez, a vereadora Professora Edna demonstra a sua grande visão política em resolver os problemas da sociedade.