Audiência Pública UEG

por Imprensa CML — última modificação 13/11/2015 20h01
Debate sobre a expansão física e acadêmica da UEG Campus Luziânia

Na manhã do dia 13 de novembro de 2015 aconteceu a Audiência Pública na Câmara Municipal de Luziânia, para debater a expansão física e acadêmica da UEG Campus Luziânia.

Uma ação proposta pelo deputado estadual Diego Sorgatto e o presidente da CML, vereador Télio Rodrigues, o qual abriu o evento: “A Audiência Pública é um instrumento de participação popular, garantido pela Constituição Federal. É um instrumento de grande eficiência em termos de sensibilização e mobilização dos diversos setores de uma comunidade em torno de determinadas questões”.

Foi apresentada uma pesquisa sobre a consolidação acadêmica para o Campus de Luziânia pelo pesquisador Guilherme Resende do IMB – Instituto Mauro Borges. E um dos dados mostrou que cerca de 3.200 pessoas de Luziânia se deslocam, diariamente, para estudar em municípios diferentes, sendo assim a expansão da UEG local seria muito positivo.

A diretora da UEG Campus Luziânia, Maria Eneida da Silva falou: “A universidade está presente há 16 anos em Luziânia e temos que oferecer vagas suficientes para que nossos jovens não saiam do município. Existe um terreno para a construção de novos blocos e temos vários projetos de cursos e extensões. Por isso essa audiência é muito importante”!

“Isso aqui é uma soma de esforços, sem partidos, sem diferenças para lutarmos por essa grande conquista para a UEG Luziânia. Estamos juntos nessa causa que vai beneficiar a centenas de estudantes”, afirmou o deputado estadual Diego Sorgatto.

O prefeito Cristóvão Tormin também falou no evento: "Estamos unidos com a UEG para que expansão do Campus Luziânia possa acontecer e assim, juntos, teremos a chande de fazer a diferença"!

E durante a fala do prefeito municipal, o presidente Télio Rodrigues aproveitou e solicitou da Prefeitura, ônibus gratuito para levar os estudantes até a UEG da cidade. Cristóvão disse que será feito o estudo para o mesmo.

A senadora federal Lúcia Vânia arrancou aplausos de um plenário lotado ao declarar: "Não pode existir escola para ricos e escola para pobres, tem que ser uma escola única, de qualidade igual e é por isso que queremos a expansão desse Campus Luziânia". 

A fala mais aguardada da manhã foi a do Reitor da UEG, Dr. Haroldo Reimer: "Luziânia possui a nona posição econômica dentro dos municípios do Estado, mas cai muito de posição quando o assunto é mão de obra qualificada. Para expandir fisicamente precisamos de recursos financeiros, que temos que conseguir com o apoio dos governantes. Sendo assim, ela é possível,sim! Já a expansão acadêmica começou este ano com alguns projetos e os estudos apontam para os cursos de licenciaturas e o de Ciências Contábeis nesse Campus. Mas os estudos serão aprofundados, contudo, minha palavra final é de que poderemos sim, expadir, seja predialmente e bem como academicamente, também"!

Após os discursos, foi aberta a fala ao público para questionamentos sobre a expansão.