Você está aqui: Página Inicial / Câmara realiza palestra contra o suicídio

Câmara realiza palestra contra o suicídio

por Aline Athila última modificação 16/09/2020 13h03

Vamos falar? Em alusão ao setembro amarelo, a Câmara Municipal de Luziânia realizará uma palestra sobre prevenção ao suicídio nesta sexta-feira (18).

O debate tem o intuito de apontar indícios sobre sintomas que podem levar ao suicídio, bem como estratégias para ajudar pessoas que passam por tais desafios.

A palestra será promovida pela servidoras Rosiane Alves dos Santos e Raquel Oliveira Santana, que também é psicóloga, com apoio da Diretoria Geral do órgão. “Temos que descontruir a ideia de que a morte é suicídio e que isso é um assunto que não pode ser falado, na verdade precisamos falar para prevenir,” defende.

A apresentação será dirigida aos funcionários da Casa, tendo em vista, as medidas de prevenção e distanciamento social contra o Coronavírus e a capacidade do plenário.

Origem do Setembro Amarelo

O Setembro Amarelo começou nos EUA, quando o jovem Mike Emme, de 17 anos, cometeu suicídio, em 1994. Mike era muito habilidoso e restaurou um automóvel Mustang 68, pintando-o de amarelo. Seus pais e amigos não perceberam que o jovem tinha sérios problemas psicológicos e não conseguiram evitar sua morte.

No dia do velório, foi feita uma cesta com muitos cartões decorados com fitas amarelas. Dentro deles tinha a mensagem "Se você precisar, peça ajuda.". A iniciativa foi o estopim para um movimento importante de prevenção ao suicídio, pois os cartões chegaram realmente às mãos de pessoas que precisavam de apoio.

No Brasil, a campanha iniciou em 2015 e no dia 10 comemora-se o dia mundial de prevenção do suicídio. Apesar das diversas atividades realizadas, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, o que significa que o suicídio mata mais brasileiros do que doenças como a AIDS e o câncer.

Se você está precisando de ajuda e considera o suicídio a solução, procure o Centro de Valorização da Vida (CVV). A organização atende voluntária e gratuitamente, sob sigilo, todas as pessoas que querem conversar sobre suicídio e assuntos relacionados. A ligação para o CVV, que atua em todo o Brasil em parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do número 188, é gratuita e pode ser feita de qualquer linha telefônica fixa ou celular. O site do CVV é www.cvv.org.br.

Com informações de Diogo Tulio Wernik de Carvalho (TJDFT)*

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

  

Canal da CML

banner youtube

Este é o canal da CML no youtube. Inscreva e ative o sino das notificações para acompanhar a sessão ao vivo todas as terças e quintas a partir das 9h. 

« Setembro 2020 »
month-9
Do Se Te Qu Qu Se Sa
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3
SAPL